Sexta-feira 14 de Maio de 2021

Nuno Borges nos píncaros do ATP Millennium Estoril Open

Fernando Correia / CN

Fernando Correia / CN

Tendo ganho os três jogos realizados desde o qualifying, com a contundente entrada na segunda ronda do quadro principal do ATP Millennium Estoril Open, o jovem português Nuno Borges está a surpreender de dia para dia.

Desde quando é que um 331º ATP consegue remover montanhas para bater um 70º ATP, numa partida em que “chutou” para canto o australiano Jordan Thompson por um 7(7) – 6(5), logo seguido de um 6-3 que arrumou de vez os objectivos de passar à fase seguinte? Se já houve, a prova está confirmada; se não, ficou confirmado que os homens não se medem aos palmos nem pelo lugar nos rankings.

Fernando Correia / CN

Fernando Correia / CN

É este jovem de 24 anos, natural da Maia (distrito do Porto), que vai “processar” (nos oitavos-de-final) a possibilidade de ultrapassar uma outra estela, o croata Marin Cilic (42º), que esta terça-feira mandou borda fora o espanhol (141º) Carlos Alcaraz (ex-número 3) – que é apontado por muitos especialistas como o próximo grande nome da modalidade – depois de ter ganhado por 6-3, 1-6 e 6-4 ao fim de duas horas e quinze minutos, sendo o ´+único português ainda em competição.

Este encontro terá lugar esta quarta-feira e, apesar das dificuldades que a diferença de pontuação acentua, Borges pode continuar a fazer surpresas.

Nesta terça-feira, João Sousa (103º) voltou a não se encontrar consigo próprio e foi “despedido” ao perder com o britânico (seu colega nos pares, também eliminados) Cameron Norrie (50º) por 6-1 e 6-3.

Fernando Correia / CN

Fernando Correia / CN

Nos pares, Frederico Silva e Pedro Sousa também foram afastados pela dupla norte-americana constituída por Nicholas Monroe e Frances Tiafoe, por 6-4 e 6-2.

Vencedor do primeiro Millennium Estoril Open, Richard Gasquet (52º) estreou-se nesta terça-feira com uma vitória sobre o argentino Juan Ignacio Londero (97º) por 6-3 e 7-5 no encontro que marcou o regresso a Portugal, pela primeira vez desde 2017, quando perdeu um duelo electrizante com Kevin Anderson nos quartos de final.

Apurado para a segunda ronda do Millennium Estoril Open, Richard Gasquet terá pela frente Cristian Garin, nada mais, nada menos do que o segundo cabeça de série e um dos grandes favoritos à conquista desta edição.

Praticamente ao mesmo tempo que o gaulês, também Marco Cecchinato carimbou a presença na próxima eliminatória. Número 94 mundial, o ex-semifinalista de Roland-Garros (que chegou ao 16º lugar em Fevereiro de 2019) confirmou o favoritismo sobre o sul-africano Lloyd Harris ao vencer por 6-3 e 6-4.

Entretanto e a treinar no Clube de Ténis do Estoril há vários dias, Kei Nishikori lesionou-se no adutor da perna direita e foi forçado a desistir do quadro principal do Millennium Estoril Open, torneio que marcaria a estreia do melhor tenista masculino da história do Japão em Portugal.

“Estou muito desiludido por ter de desistir do Millennium Estoril Open. Cheguei cedo e depois de alguns dias de descanso fiz dois bons treinos, mas infelizmente lesionei-me no último”, explicou o ex-número 4 ATP ao site da competição.

Com a desistência, aquele que seria o quarto cabeça de série foi substituído pelo espanhol Roberto Carballes Baena, que entra como lucky loser para a segunda ronda e vai defrontar o sul-africano Kevin Anderson.

© 2021 Central Noticias. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.