Domingo 30 de Junho de 4937

Serviços de Obstetrícia/Ginecologia da Região de Lisboa e Vale do Tejo limitados

hospital garcia orta almada

CN 2022

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) informou  que, apesar de todos os esforços desenvolvidos, não foi possível ultrapassar os constrangimentos no funcionamento de alguns serviços de Obstetrícia/Ginecologia da Região, que ocorrerem entre o final do dia 10 de junho e o final do dia de segunda-feira (13 de junho), período de feriados.

Assim, neste período, a ARSLVT diz que a resposta será garantida pela rede do Serviço Nacional de Saúde (SNS) da região, com desvios na resposta ao serviço de urgência externa.

No período entre as 20h00 de 10 de junho e as 08h00 de 11 de junho, o Serviço de Urgência de Ginecologia/Obstetrícia do Centro Hospitalar Lisboa Ocidental foi assegurando pelo Centro Hospitalar Lisboa Norte (CHLN) e pelo Centro Hospitalar Lisboa Central (CHLC), além de constrangimentos no atendimento das emergências/urgências de Ginecologia ou Obstetrícia do Hospital Beatriz Ângelo (HBA), entre as 08h00 de 11 de junho e os 08h00 de segunda-feira (13 de junho), sendo os atendimentos assegurados pelos restantes hospitais da região.

Já durante o feriado de 10 junho  verificaram-se constrangimentos na urgência de Ginecologia/Obstetrícia do Centro Hospitalar de Setúbal, motivados por uma situação de doença imprevista de um especialista, que não foi possível substituir.

A ARSLVT, hospitais da Região e o CODU/INEM estão em articulação, segundo a mesma Administração, para garantir o normal funcionamento das urgências das maternidades da Região em segurança. Caso haja necessidade de encaminhar utentes, as equipas hospitalares articulam com o CODU/INEM, no sentido de identificar a unidade que naquele momento tem melhor capacidade de resposta.

Na mesma nota informativa , a  ARSLVT,  agradece aos profissionais de saúde “que vão assegurar a prestação de cuidados pelo esforço adicional e apela à compreensão dos utentes, lamentando, desde já, o constrangimento que, apesar de todos os meios disponibilizados, não foi possível ultrapassar.”

A ARSLVT, é a entidade que  promove o funcionamento em rede dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) – algo que acontece ao longo de todo o ano, mas que assume especial pertinência em períodos de maior procura dos serviços ou em períodos de férias dos profissionais de saúde.

© 4938 Central Noticias. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.