Sexta-feira 12 de Abril de 2024

Portugal quer continuar a ganhar ao Liechtenstein nesta abertura do apuramento para o Euro’2024

FPF-Europeu2024-22-03-2023

FPF

Portugal e Liechtenstein defrontam-se, esta quinta-feira, no arranque da fase de qualificação para o Euro’2024, partida que será realizada no Estádio Alvalade (19h45), que está engalanado a preceito para garantir o triunfo.

Os condimentos são ainda mais circunstanciais porquanto será a estreia do novo selecionador, o espanhol Roberto Martinez, à frente da equipa das Quinas, neste regresso à competição ainda sem as “feridas” do mundial de 2022 curadas por completo.

Daí o facto, segundo a Federação Portuguesa de Futebol, o Estádio José Alvalade estar esgotado, pelo que calor humano não vai faltar à equipa nacional, com Cristiano Ronaldo a comandar as tropas no “teatro de operações”.

Para Martinez, “não vai ser um jogo amigável. Este jogo vale três pontos. Por isso, precisamos de uma equipa personalizada, com bola e a mandar. Temos de ter uma estratégia bem definida e apresentar um nível muito alto quando defrontamos uma equipa muito fechada. Não há margem de erro. É ganhar e crescer”.

WhatsApp Image 2023-03-22 at 18.50.27 (1)

DR

Acrescentou ainda o selecionador que “nunca começo a pensar quem vai começar os jogos. Cada treino é fundamental para saber como se encontram os jogadores. É um jogo de três pontos muito valiosos e temos de ser uma equipa com muita capacidade de ter bola, que quer recuperar rápido a bola quando a perde e, a partir daí, crescer com os jogos que temos. Jogar com três centrais depende do adversário, podemos defender com linha de cinco ou de quatro. Por isso, era importante começar com jogadores experientes que se podiam adaptar. É importante poder variar a estrutura de jogo para jogo e também durante o jogo.”

Como que “abrindo o jogo”, salientou que “vamos encontrar uma seleção muito motivada por jogar com alguém como nós. Temos de ter as coisas claras e saber como encontrar os espaços e evitar que, no contra-ataque e nas bolas paradas, nos criem perigo. Temos de ter as coisas claras e exigir um nível físico alto para poder romper uma organização defensiva tão rígida”.

Referiu ainda eu “estou surpreendido pelo grau de compromisso dos jogadores com a seleção. Todos podem jogar. Estamos a iniciar um novo ciclo e queremos os melhores. Ronaldo faz parte dos melhores e precisamos da sua experiência”, concluindo que “de momento, os jogadores com mais experiência serão os que vão capitanear a Seleção. O Cristiano Ronaldo, Rui Patrício e o Bernardo serão os capitães. A partir daí é importante que nos centremos no jogo de amanhã (hoje, quinta-feira)”.

FPF-Europeu2024-Cristiano-22-03-2023

FPF

Por seu lado, Cristiano Ronaldo referiu que “depois do Mundial, todas as hipóteses estiveram em cima da balança. Refleti, refleti com a minha família e depois chegámos à conclusão de que não era altura de atirar a toalha ao chão. Aprendi muito com isso e estou muito contente por regressar. O selecionador diz que conta comigo. Ainda tenho muito para dar, sinto isso e quero isso”.

Salientou também que “há um ambiente muito positivo, muito bom na seleção. Os jogadores estão felizes. É um capítulo diferente para todos os jogadores, para o staff e para o país. Sentimos uma energia boa e positiva. É uma lufada de ar fresco”.

Clarificou que “não estou a dizer que antes era melhor ou pior. Estou a dizer que na vida, muitas vezes, as mudanças são positivas. Sente-se que há um ar fresco. Há novas ideias, há uma nova mentalidade. Isso nota-se muito. Sente-se a mudança e isso é bom para todos e para o país”.

 

Aproveitou para salientar que “adoro jogar pela seleção. Estou aqui há 20 anos e ao mais alto nível. Sinto-me muito feliz aqui. Enquanto acharem que sou uma mais-valia, darei sempre o meu melhor. É a minha casa. Sinto-me mais preparado como jogador, mas também como ser humano”.

Frisou que “acho que tudo o que acontece na vida tem razão de acontecer. Agradeço muitas vezes passar por algumas coisas para poder ver quem está realmente do meu lado. Numa fase difícil é que se vê quem está do teu lado. Houve uma fase menos boa na minha carreira, primeiro a nível pessoal e depois profissional. Não há tempo para arrependimentos nesta vida. Mesmo não fazendo tão bem faz parte da nossa vida. Quando estamos no cimo da montanha é difícil ver o que está cá em baixo e muitas vezes não conseguia. Sinto que estou melhor preparado agora, porque já consigo ver algumas coisas. Estou um homem melhor agora graças a Deus”.

Terminou referindo que “os recordes (de internacionalizações) são sempre coisas positivas. São a minha motivação. Gosto de bater recordes e esse recorde é especial. Se acontecer, ficarei bastante orgulhoso, mas quero continuar a fazer mais jogos. Não quero ficar por aqui”.

WhatsApp Image 2023-03-22 at 18.50.27

DR

Do lado do Liechtenstein, o selecionador René Pauritsch começou por salientar que “conseguir o empate seria um sonho, mas os tempos mudaram. Temos jogadores novos, mas melhores e vamos jogar de peito aberto amanhã [quinta-feira]“.

Referiu ainda que “para mim não é uma desvantagem [Portugal ter um selecionador novo]. Acho que é algo que vai motivar muito os seus jogadores, o estádio vai estar esgotado e eles vão dar tudo. Vão querer deixar uma boa imagem”.

O capitão de equipa, Nicolas Hasler, completou o técnico – falando no Auditório Artur Agostinho no Estádio de Alvalade – afirmando que “temos uma defesa compacta. Vamos tentar dificultar a tarefa a Portugal, fechar as linhas e esperar não levar uma goleada. Podemos marcar um golo, isso seria uma grande consolação. Um golo de honra seria algo fabuloso e não nos vamos render”.

No entanto, Portugal registou uma baixa no plantel, com a saída de Diogo Costa – que seria, tudo indicava, o guarda-redes principal – porque teve uma mialgia muscular e foi dado como inapto pela Unidade de Saúde e Performance da FPF para os encontros frente ao Liechtenstein e Luxemburgo.

Celton Biai, que iniciou o estágio da Seleção Nacional, passou a fazer parte dos convocados.

Nos encontros anteriores entre as duas seleções, de registar que o Liechtenstein venceu uma única partida. Espera-se que não volte a repetir a “gracinha”!

 

© 2024 Central Noticias. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.