Sábado 27 de Maio de 2023

FC Porto e Sporting de Braga venceram e o desfecho do Sporting-Benfica de domingo pode decidir Liga Bwin

0306-14052023_

José Pedro Gonçalves / Central Noticias

Com o FC Porto e o Sporting de Braga a ganharem os jogos realizados em casa, a luta pelo título nacional vai manter-se acesa até, pelo menos, à próxima jornada, para quando está marcado o clássico Sporting-Benfica.

Na noite deste domingo, os portistas venceram o Casa Pia (2-1), num encontro em que foi a equipa de Sérgio Conceição a marcar todos os golos, começando por Evanilson que (45+5’) desviou a bola para dentro da baliza da equipa portista, ao tentar conter a bola centrada pelo lado direito do ataque casapiano.

No segundo tempo, Taremi (56’), aproveitando uma série de erros cometidos pela defesa do Casa Pia, acabou por atirar para a baliza sem apelo nem agravo e chegar a um empate que parecia difícil de conseguir, porquanto oportunidades não faltaram aos portistas para marcarem golos.

O que derivou de um domínio total do jogo, com 23-8 remates a favor (11-3 dos quais para a baliza) numa posse de bola de 73/27%.

Uma superioridade que não deu frutos em termos de golos – uma bola foi enviada ao poste e vários remates levaram a bola a sair a centímetros dos postes – terminando o “calvário” quando (90+3’) Namaso aproveitou mais erros da defesa casapiana para chegar ao 2-1, feito com o apoio da coxa do jogador.

1413-14052023_

José Pedro Gonçalves / Central Noticias

No outro jogo grande deste domingo, o Sporting de Braga recebeu e goleou (5-3) o Santa Clara, num jogo em que, como se deduz, foi reluzente para os bracarenses, ainda que equilibrado na questão dos remates (17-14, dos quais 10-9 para a baliza), pese embora a superioridade bracarense na posse de bola (66/34%).

Ricardo Horta, para gáudio dos adeptos do Braga, abriu o activo (10’), mas Matheus (17’) empatou com um golo de grande penalidade, tendo Niakité (35’) feito o 2-1 para o Braga, resultado que aumentou para 3-1 (45+5’) quando Abel Ruiz introduziu a bola na baliza do Santa Clara e se chegou ao intervalo.

No segundo tempo, Matheus (70’) reduziu através da marcação de outra grande penalidade e Boateng (85’) chegou ao empate (3-3), numa altura em que o “calor” aumentou dentro das quatro linhas.

Cerrando os dentes, os bracarenses continuaram a avançar para o triunfo, que começou a desenhar-se (87’) quando Bruma fez o 4-3, surgindo o 5-3 (90+4’) quando Pizzi acertou no alvo pela última vez, confirmando o triunfo bracarense, que pareceu tremido minutos antes.

No outro encontro, o Guimarães foi a Vila do Conde vencer (1-0) o Rio Ave, com um golo obtido por Handel (55’), numa partida equilibrada (15-10 em remates, dos quais 5-3 para a baliza) com o Rio Ave a ter tido mais posse de bola (53/47%).

O Estoril-Arouca, nesta segunda-feira (21h15) concluirá a 32ª jornada, ficando a saber-se parte da decisão quanto a quem ficará no 5º lugar, porquanto o Guimarães ultrapassou o Arouca nesta ronda.

Quanto ao resto, os jogos do próximo fim-de-semana também darão, por certo, mais algumas pistas para as decisões finais, que poderão chegar só na 34ª e última rodada.

 

© 2023 Central Noticias. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.