Sexta-feira 12 de Abril de 2024

Jaime Faria no quadro principal do Millennium Estoril Open

A disputar pela primeira vez um torneio do circuito ATP, o jovem português de 20 anos (287º classificado no ranking ATP) voltou a pisar o Estádio Millennium e desta vez celebrou a melhor vitória da carreira ao derrotar o eslovaco Lukas Klein (128º) pelos parciais de 6-4, 6-7(3) e 6-1.

EstorilOpen-JaimeFaria-31-03-2024

EstorilOpen

De volta ao Estádio Millennium um dia depois da entrada com o pé direito no maior torneio organizado em Portugal, Jaime Faria voltou a superar-se.

Na primeira ronda, Jaime Faria superou o húngaro Mate Valkusz (214º do ranking ATP) por 6-4 e 6-4.

Embalado pelos quatro títulos consecutivos em provas ITF no Algarve o jovem somou o 22º sucesso nos últimos 23 duelos.

O jogador do Centro de Alto Rendimento da Federação Portuguesa de Ténis bateu-se de igual para igual com um adversário que este ano forçou Alexander Zverev ao match tie-break do quinto set em pleno Australian Open e não olhou a favoritismos.

Apesar de estar a viver a primeira experiência a este nível, Faria demonstrou ter armas para batalhar com Klein e reagiu bem à perda da segunda partida (que chegou a ser interrompida pela chuva) no tie-break para descolar na terceira depois de anular dois pontos de break logo a abrir.

Superado o qualifying, segue-se o quadro principal. E o próximo adversário até pode falar a mesma língua, dado que o português Nuno Borges — um dos seus parceiros de treino — e o brasileiro João Fonseca são dois dos que aguardam pelo desfecho da fase de qualificação.

Um dia depois da segunda vitória a nível ATP, dez anos depois da primeira, Duarte Vale (581º do ranking) foi eliminado na ronda de acesso ao quadro principal depois ceder frente ao britânico Jan Choinski (169º) por 6-3 e 6-4.

Destinatário de um dos dois wild cards à disposição da organização, o jovem português de 25 anos venceu o alternante Hendrik Jebens (1109º) por 6-4 e 6-2, no jogo da primeira fase do qualifying.

A competir apenas pela terceira vez depois de uma paragem de quatro meses para curar uma lesão no ombro esquerdo, Frederico Silva (354º ATP) ainda serviu para vencer o parcial inaugural, mas acabou por sucumbir perante o francês Lucas Pouille (242º) com os parciais de 7-5 e 6-3.

Gastão Elias também ficou pelo caminho, ao ser eliminado na primeira fase do qualifying depois de perder com o francês Richard Gasquet, que ficou com a última vaga na última ronda do qualifying.

Pedro Araújo, Frederico Silva e ainda o estreante Francisco Rocha, que no último embate do dia no Court Cascais não teve argumentos para o britânico Jan Choinski (7-5 e 6-1), também terminaram a presença do Millennium Estoril Open de 2024.

Nesta segunda-feira, o número um nacional, Nuno Borges, vai defrontar o francês Lucas Pouille, no Estádio Mellennium, nunca antes das 14h40, seguindo-se, na terça-feira, Henrique Rocha frente a outro francês, G. Monfills, e Jaime Faria a ter pela frente outro francês, Lestienne (ambos nunca antes das 12 horas).

 

© 2024 Central Noticias. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.