Segunda-feira 30 de Novembro de 2020

Portugal venceu em Chipre e mantêm objectivos do apuramento para Europeu feminino

A Selecção Nacional Feminina A retomou, esta sexta-feira, a qualificação para o Campeonato da Europa, com um triunfo sobre a sua congénere de Chipre, por 3-0. Cláudia Neto, Diana Silva e Ana Capeta apontaram os golos que deixam Portugal com sete pontos no terceiro lugar.

DR

DR

No outro encontro do grupo disputado, também realizado esta sexta-feira, a Escócia venceu a Albânia por 3-0, conservando assim o segundo lugar, com nove pontos. A Finlândia mantém-se na primeira posição, com dez, mas mais um encontro realizado.

Este foi o primeiro de dois encontros entre as selecções cipriota e portuguesa, que nunca se haviam cruzado em jogos oficiais. O reencontro irá acontecer já na próxima terça-feira, 27 de Outubro, pelas 18h00, no Estádio António Coimbra da Mota, no Estoril.

A jogarem na condição de visitantes, as comandadas de Francisco Neto nunca se inibiram no terreno das adversárias e mostraram-se sempre mais dominadoras, mais pressionantes e esclarecidas sobre a bola.

A capitã Cláudia Neto abriu, com naturalidade, a contagem a favor da armada lusa, numa execução perfeita aos 19 minutos, a receber a bola de canto curto e a flectir para o interior da área para disparar.

Na segunda parte, já em superioridade numérica, devido à expulsão de uma jogadora cipriota perto do intervalo, Portugal deparou-se com um estilo de jogo mais fechado e agressivo da parte das cipriotas, mas voltou a encontrar o caminho para a baliza, primeiro numa combinação brilhante entre Andreia Norton e Diana Silva, com a avançada do Aston Villa a tirar da sua frente a guarda-redes e uma defensora cipriota, para finalizar na área aos 56 minutos. Perto do fim, Ana Capeta fechou de cabeça a contagem portuguesa, após canto bem batido por Dolores Silva.

Recorde-se que se apuram para a fase final, a realizar em Inglaterra, no verão de 2022, os vencedores de cada grupo, mais os três segundos classificados com melhores resultados face ao primeiro, terceiro, quarto e quinto no seu grupo. Os restantes segundos classificados vão disputar um “play-off” em data a definir, para assegurar as últimas três vagas na fase final.

O encontro desta sexta-feira ficou marcado pela titularidade e estreia absoluta de Alícia Correia, lateral que brilhou no último Campeonato da Europa feminino sub-17. Com apenas 17 anos, a jogadora do Sporting CP vestiu durante os 90 minutos a principal camisola de Portugal. Em destaque esteve, Também, Sílvia Rebelo, que somou frente ao Chipre a sua 100.ª internacionalização.

© 2020 Central Noticias. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.