Segunda-feira 30 de Novembro de 2020

F. C. do Porto e Sporting venceram pela tangente na Liga NOS

F. C. Porto (em casa) e Sporting (Ponta Delgada) venceram os jogos correspondentes à 5ª ronda da Liga NOS, realizados este sábado, e descolam dos açorianos, podendo ser igualados pelo Guimarães se este conseguir derrotar os bracarenses no encontro deste domingo.

EDUARDO COSTA / Liga Portugal

EDUARDO COSTA / Liga Portugal

O Nacional-Paços de Ferreira foi o primeiro encontro desta segunda parte e não foram além de um empate (1-1), com golos de Riascos (57’) e Eustáquio (74’), numa partida relativamente equilibrada.

Com maior propensão para os remates (7-18, dos quais 2-6 para a baliza), os visitantes não lograram mais do que um golo em resultado dessa vantagem, enquanto em termos de posse de bola fossem os insulares a ter mais bola (53-47%), num quadro de relativa supremacia, pelo que só o Paços não conseguiu materializar a os remates em mais um golo, pelo menos.

No Santa Clara-Sporting, os leões começaram a “mandar” no jogo e abriram o activo (20’) por Pedro Gonçalves, num golo festejado, se bem que um erro (como os muitos outros já alcançados na carreira ao serviço do Sporting) de Coates – entregou a bola de bandeja a um adversário, numa falta de concentração e visão incrível para um central de grande nível – desse no empate (42’) dos açorianos, por intermédio de Thiago Santana (o fazedor de serviço na equipa, porque já vai com cinco golos e na liderança dos marcadores), num período relativamente perigoso porque junto ao intervalo.

Com uma posse de bola de 66/34%, o Sporting foi alimentando sempre a vontade de marcar logo que fosse possível.

Pese embora a vantagem em termos de remates para a baliza (18-5) os leões só conseguiram três oportunidades de golo (com duas para o Santa Clara), sendo que duas foram alcançadas.

Coube a Pedro Gonçalves chegar ao 2-1, fazendo um bis oportuno, quando decorria o minuto 81, tendo os leões gerido o resto do tempo com alguma intranquilidade mas sem efeitos práticos para o adversário.

A sessão encerrou com o F. C. Porto-Gil Vicente, com o Estádio do Grão em “suspense” durante toda a partida, depois que Evanilson (41’) marcou o primeiro e único golo do desafio, com o espectro do City mentalmente por perto.

A vantagem foi total dos portistas, com 60/40% na posse da bola, com 18-13 remates (dos quais 7-2 para a baliza), sem que a equipa portista conseguisse materializar em golos essa mesma superioridade.

Neste domingo, jogam-se os seguintes encontros: Moreirense-Marítimo e Farense-Rio Ave (15h), Famalicão Boavista (17h30) e Guimarães-Sporting de Braga (20h), sendo este último a partida mais significativa da ronda, com o derby minhoto.

O Benfica-Belenenses SAD joga-se na segunda-feira (20h15).

© 2020 Central Noticias. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.