Sexta-feira 23 de Janeiro de 4787

Benfica e F. C. do Porto ganharam com “aflição” na Liga NOS

Pedro Trindade / Liga Portugal

Pedro Trindade / Liga Portugal

Concluída a jornada número onze, esta terça-feira, tudo ficou como dantes no pódio da Liga NOS, onde o Sporting termina esta fase como campeão de inverno, com mais dois pontos do que o Benfica e quatro do F. C. do Porto, depois de três jogos de “terror”.

Isto porque qualquer das três equipas venceu de forma tangencial, ainda que ambas tivessem dominado nos respectivos jogos, ainda que sem haver aquele “deslumbramento” que se poderia esperar.

O Benfica começou por derrotar, na Luz, o Portimonense (último classificado) por um 2-1 em que os benfiquistas marcaram os três golos, depois de Darwin ter aberto o marcador (13’) e Rafa ter aumentado para 2-0 (23’), numa partida algo equilibrada em ternos de posse de bola.

Ainda assim, o 2-0 deu uma certa calma aos benfiquistas que (90+2’) ainda ofereceram o ponto de honra dos algarvios, com Gabriel a meter a bola na própria baliza.

Registe-se que o Benfica rematou mais (15-13, dos quais 6-1 para a baliza) se bem que sem expressão na comparação com os golos marcados.

Jogando em Moreira de Cónegos, o Moreirense aproveitou o maior número de remates (12-8, dos quais 2-1 para a baliza) para chegar ao único golo, marcado por Yan (72’), que garantiu os três pontos.

A finalizar a ronda, o F. C. do Porto viajou até à cidade do Fundador para dominar uma partida em que esteve à beira de perder a batalha, depois dos vimaranenses terem chegado ao 2-1 (63’),

Com maior posse de bola (67/33%) e um maior número de remates (17-4 dos quais 7-2 para a baliza), os portistas não conseguiram resolver o jogo mais cedo, tendo valido o volte face da autoria de Taremi (65’) depois do Porto ser sofrido o segundo golo (Estupiñan, aos 63’).

Rochinha começou bem ao fazer o 1-0 aos sete minutos, mas Taremi chegou ao empate (42’) numa altura crucial do jogo.

Luis Diaz (80’) foi o artilheiro para o golo do triunfo, fixando o 3-2.

Na classificação, o Sporting comanda (29), seguido do Benfica (27), F. C. Porto (25), Sporting de Braga (24), Guimarães (19), Paços de Ferreira (16), com o Moreirense, Santa Clara, Marítimo e Nacional com 13 pontos. O Tondela ocupa o 17º lugar (9 pontos) e o último é o Portimonense (8).

Nos marcadores, nada de novo no topo da tabela, com Pedro Gonçalves (Sporting) a liderar com 10 golos, seguindo-se Thiago Santana (Santa Clara) e Rodrigo Pinho (Marítimo), ambos com 7; Seferovic (Benfica), com 6; Waldschimdt (Benfica), Marega e Sérgio Oliveira, ambos do F. C. Porto, com 5.

No sábado dá-se início à 12ª jornada, com o jogo Sporting-Sporting de Braga (18h), seguindo-se, no domingo, o Tondela-Famalicão (13h), Guimarães-Nacional e Marítimo-Boavista (15h), Santa Clara-Benfica (18h), Paços de Ferreira-Rio Ave (19h) e F. C. Porto-Moreirense (21h).

© 4788 Central Noticias. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.