Quarta-feira 08 de Fevereiro de 2023

Brasil nos quartos-de-final do Mundial do Qatar2022 depois de um “samba” à Coreia do Sul

braz vs corea 5dez

FIFA

O Stadium 974 – Ras Abu Aboud foi o palco perfeito para o Brasil demonstrar que continua a saber dançar, e bem, ao golear os bons rapazes da Coreia do Sul por 4-1, com quatro golos marcados no primeiro tempo de jogo.

Com passes majestosos, provenientes de triangulações entre vários jogadores, o Brasil resolveu o jogo frente à Coreia do Sul (treinada por Paulo Bento) em pouco mais de meia hora, tornando impossível reverter tal atraso no marcador.

Vinicius Junior (7’) começou a “aquecer” a bota e marcou o primeiro golo, tendo Neymar (de regresso de uma lesão) feito o segundo (13’), na transformação de uma grande penalidade, se bem que só o tenha conseguido à segunda vez.

Richarlison (29’) marcou o terceiro golo e sete minutos depois (36’) foi Paquetá a fechar a conta nos 4-0, com que se chegou ao final do primeiro tempo.

No segundo tempo, Sung-ho (76’) fez o ponto de honra dos coreanos, com um golo de bom recorte técnico, no que foi a única situação vivida e confirmada, porquanto a bola correu muito, os jogadores também, mas o resultado ficou-se por aí.

O Brasil “pegou” sempre pela superioridade absoluta, depois dos 18-8 remates, dos quais 9-6 para a baliza, numa posse de bola de 54/46%,

Uma saída triste de Paulo Bento, que cessou também o contrato de trabalho com a federação sul coreana, depois de um trabalho que foi considerado de muito bom nível.

 

Croácia confirmou porque foi vice-campeã há quatro anos

 

Ante um Japão de “peito aberto”, que deu tudo para seguir em frente, ao ponto de ter “empurrado” a Croácia para um prolongamento e depois para o desempate por grandes penalidades, os croatas aproveitaram para concluírem como vencedores, por terem marcado mais do que os japoneses.

No primeiro tempo, o Japão colocou-se na frente do marcador através de um golo obtido por Maeda (43’), com que se chegou ao intervalo. Na segunda parte, coube a Perisic (55’) chegar ao empate, acabando o tempo regulamentar com o 1-1, depois de a Croácia ter dominado os acontecimentos (17-13 em remates, dos quais 4-4 para a baliza, numa posse de bola de 59/41%), ainda que se ter de sujeitar ao prolongamento.

Trinta minutos em que nada de concreto se realizou, pelo que houve necessidade do desempate por grandes penalidades, que os croatas acertaram mais vezes, acabando com uma vantagem de 3-1, o que confirmou também o momento menos bom para os japoneses, que só conseguiram marcar um golo.

Assim sendo, a Croácia e o Brasil deslocaram-se para os quartos-de-final, para se defrontarem no sexta-feira (15 horas).

 

Terça-feira com Portugal à procura de um lugar ao sol ante a Suíça

 

Esta terça-feira (19 horas) é encarada como uma grande incógnita no que se refere ao encontro entre portugueses e suíços, no último jogo dos oitavos-de-final do Mundial Qatar 2022.

Não só porque no seio da formação lusa continua a verificar-se desajustes comportamentais de tal forma graves que nem sequer são clarificados no momento próprio, situação que se poderá agravar neste dia, tendo presente o “desagrado” de Fernando Santos para com Cristiano Ronaldo.

Acreditemos que pode ser apenas uma uivem passageira e que a bonança chegará no final da partida, com o triunfo português a dar alento a entrar nos quartos-de-final, no que poderá ser o grande sinal de que Portugal sonha mesmo com o título mundial.

No outro encontro desta mesma fase, Marrocos e Espanha (15h) jogarão também para chegar aos quartos, quadro que apresenta vantagem para os espanhóis, mas sem se dar por isso.

© 2023 Central Noticias. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.