Sexta-feira 12 de Abril de 2024

Benfica continua a rolar na frente da Liga Betclic, com Sporting em jogo nesta segunda-feira

20240218_slb_vizela_003

Fernando Correia / Central Noticias

No que Roger Schmidt afirmou ter sido “um dos melhores jogos do Benfica nesta época”, o Benfica goleou o agora lanterna vermelha Vizela por um expressivo 6-1, que não deixa dúvidas sobre o triunfo benfiquista no Estádio da Luz.

Com Neres como azimute principal desde os primeiros minutos (quando abriu – 16’ – o marcador) – tendo feito o bis aos 45+1’ – o Benfica embalou, deu “luz” ao plano traçado para o encontro e depressa cimentou o início do que viria a dar em goleada das poucas cumpridas pela formação benfiquista, que chegou ao intervalo a vencer por 5-0.

Depois de Neres ter inaugurado o resultado, Otamendi (25’) subiu a parada, seguindo-se Tiago Gouveia (30’), com mais dois golos na compensação: Neres (45+1’) e Rafa (45+4’).

Para o segundo tempo, com tudo feito, não se tornava necessário continuar com o “prego” a fundo, pelo que Marcos Leonardo fechou a conta (88’), depois de Essende marcar (48’) e subir ao 5º lugar na lista dos melhores marcadores.

20240218_slb_vizela_004

Fernando Correia / Central Noticias

Bem se pode dizer que foi um jogo exemplar! Pela correção e fair play.

A fechar a ronda deste domingo (22ª jornada), o Sporting de Braga conseguiu vencer (2-1) o Farense, numa partida em que os bracarenses encontraram grande resistência por parte dos algarvios, que perderam a pouco mais de cinco minutos dos 90.

Simon Banza voltou a jogar e a marcar (62’), com o Farense a chegar ao empate (74’), para Ndour (85’) recolocou o Sporting de Braga na liderança do resultado, confirmando que foi a melhor equipa em campo – regressando aos bons tempos depois dos desaires ante o Sporting e o Qarabag (para esquecer) – de acordo com as estatísticas disponíveis: 21-4 remates para o Braga, dos quais 8-1 para a baliza, numa posse de bola de 63/33%.

Ainda assim, os bracarenses só “limparam” a mente e a vista a cinco minutos do final do encontro, em Braga, causando alguns “calafrios” aos respetivos adeptos.

No Estoril, os canarinhos receberam o Gil Vicente e não se livraram de um 3-1 que torna a posição da equipa a descer na classificação, se bem que ainda se esteja longe do final da competição.

Marqués colocou o Estoril na linha da frente (1-0 aos 46’) mas o Gil mudou de “chip” e empatou (59’), seguindo-se o afastamento (expulsão) de Rodrigo Gomes (65’) que deu origem a que Félix Correia (69’) tivesse levado os forasteiros à dianteira, que foi confirmada, no período de compensação, por Alipour (90+6’), que fechou nos 3-1.

No jogo jogado, o Gil esteve sempre na frente, com 12-8 em remates, dos quais 7-5 para a baliza, confirmado com os 51/49% na posse de bola.

No Casa Pia-Arouca, os homens do Parque de Monsanto (Lisboa) “abriram” os pulmões ao ar limpo e conseguiram levar de vencida a formação arouquense com um golo marcado por Clayton (74’), se bem que em contranatura ao que se passou no terreno, porquanto o Arouca foi o melhor, nos exatos termos do que foi definido pelas estatísticas, com 15-10 em remates, dos quais 4-2 para a baliza, numa posse de bola de 67/33%.

Ficou mais aliviado o Casa Pia porquanto subiu mais alguns lugares na tabela classificativa.

A 22ª jornada da Liga Betclic conclui-se esta segunda-feira (20h15), com a visita do Sporting a Moreira de Cónegos, numa partida que não será nada fácil aos leões, que querem manter-se a par do Benfica na liderança.

 

© 2024 Central Noticias. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.