Terça-feira 28 de Maio de 2024

Sporting continua a procurar golos e o perigo espreita na parte final da classificação da Liga Betclic

estoril vs scp paulinho LP

Liga Portugal

Mesmo a caminho da II Liga, o Vizela continua a fazer “estragos”, pelo menos ao golear um Estrela da Amadora que precisa de pontos para se manter na Liga I.

Situação que é comum ao Boavista, Gil Vicente, Boavista, Portimonense e Estoril, que ainda estão a ver como se conseguem safar, primeiro nos jogos deste domingo e, se ainda for preciso, como acontecerá na última ronda, daqui a uma semana, onde tudo ficará resolvido.

Mas não só. Nos lugares cimeiros, excluindo o Sporting e Benfica, FC Porto e Sporting de Braga estão numa luta que tem rumo para os dois lados, dependendo dos resultados deste domingo (em relação aos portistas, onde terão que ganhar) e, em especial, na última partida, em que os bracarenses terão o pão e o queijo na mão para deixar os portistas no quarto lugar. Tudo é possível.

Neste sábado, o Vizela goleou o Estrela da Amadora por um expressivo 4-0, com Fábio Silva (8’) a abrir o marcador, seguindo-se Alvarez (54’), Matheus Pereira (69’) e Hugo Oliveira a fechar aos 83’.

Com domínio nos remates (16-12, dos quais 7-3 para a baliza) o Vizela foi-se adiantando no marcador, pese embora uma maior posse de bola por parte dos visitantes (56/44%).

No Algarve, o Portimonense dominou o jogo mas acabou por não ir além de um empate (2-2) que pode complicar as contas finais na última jornada.

O Rio Ave marcou primeiro (21’) por Oudrhin, Carlinhos empatou (63’) mas Pantalon colocou (83’) os visitantes a vencer, tendo o Portimonense chegado ao empate (90+7’), quiçá tempo demasiado atribuído pelo árbitro do jogo.

No Estoril, numa partida algo incaracterística, o Sporting dominou mas não materializou como se esperaria, tendo tido hipótese de estar a perder se Rodrigo Gomes não tivesse rematado para o poste à guarda do jovem guarda-redes leonino (Diogo Pinto) que se estreou neste dia, dada a ausência (por lesão) de Adán e Israel.

Paulinho (81’), sem marcação, conseguiu espaço para marcar, pelo lado direito, depois de uma jogada de Nuno Santos pela esquerda, dois jogadores que só entraram no segundo período e com pontaria “decisiva”.

O Sporting rematou mais (20-7, dos quais 6-1 para a baliza), registando uma posse de bola de 65/35% suficiente para ganhar por muitos, mas Gyokeres não estava no melhor dia, depois de os leões terem conquistado o campeonato a duas semanas do fim.

A fechar este sábado, o Guimarães recebeu o Sporting de Braga e não foi competente para barra o triunfo (3-2) dos bracarenses, com o terceiro golo a surgir aos 90+3’.

Bruno Gaspar fez o 1-0 aos 10’; Bruma empatou (24’); Ricardo Horta fez o 2-1 (75’); Ricardo Mangas empatou (80’) e Rony Lopes colocou o Braga no triunfo (90+3’), afastando definitivamente o Guimarães da luta pelo quarto lugar.

Em termos estatísticos, tudo muito igual: 15-14 em remates, dos quais 4-8 para a baliza (o que garantiu a vantagem bracarense) e 46/54% de posse de bola.

Neste domingo, para fechar a 33ª ronda, jogam: Gil Vicente-Farense (15h30), Benfica-Arouca e Casa Pia-Moreirense (18h) e FC Porto-Boavista (20h30).

© 2024 Central Noticias. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.