Sábado 17 de Junho de 4884

Estado do tempo instável e poeiras em Portugal continental

chuva de poeiras de africa

DR / World Meteorological Organization

Em comunicado o IPMA –  Instituto Português do Mar e da Atmosfera, informa que o território continental vai ter tempo intavél e sujeito a poeiras com origem no norte de África. Assim e a partir de dia 6 de junho, o estado do tempo em Portugal continental será influenciado por uma depressão, com expressão em altitude, centrada sobre a região da Madeira, em deslocamento para nordeste, promovendo uma circulação do quadrante sul sobre o continente e o transporte de poeiras com origem no norte de África.

No dia 6 um aumento da nebulosidade, com baixa probabilidade de ocorrência de precipitação, que a ocorrer resultará em deposição de poeiras sobre as superfícies. A situação manter-se-á no dia 7, sexta-feira, com um aumento da instabilidade, prevendo-se a ocorrência de aguaceiros, mais prováveis a partir da tarde e que poderão ser por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoada. Nos dias 8 e 9, sábado e domingo, a concentração de poeiras irá diminuir, mantendo-se a previsão de aguaceiros, mais prováveis nas regiões Norte e Centro, por vezes de granizo e acompanhados de trovoada, até dia 10. O vento soprará fraco a moderado, predominando do quadrante sul, não se descartando rajadas mais intensas durante a ocorrência dos aguaceiros.

Nas regiões Norte e Centro, a temperatura máxima deverá subir nos dias 6 e 7, atingindo valores entre os 30 e 35°C, sendo ligeiramente inferiores na faixa costeira. No dia 8, a temperatura irá descer para valores entre os 20 e 25°C, podendo ser um pouco superiores em alguns locais do interior.

Na região Sul, a temperatura terá uma pequena subida no dia 6, com valores entre os 30 e 35°C, descendo a partir no dia 7, situando-se entre 20 e 25°C no dia 8. Após a descida de temperatura no dia 8, não se prevê variações significativas da mesma pelo menos até dia 10, segunda-feira.Devido à elevada incerteza no posicionamento da referida depressão, tendo em conta que ligeiros desvios podem ter um elevado impacto na previsão das regiões mais afetadas, aconselha-se o acompanhamento da evolução da situação.

© 4885 Central Noticias. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.