Terça-feira 27 de Outubro de 2020

Pedro Sousa, Nuno Borges e Gonçalo Oliveira na segunda ronda do Lisboa Belém Open de ténis

Pedro Sousa, Nuno Borges e Gonçalo Oliveira conseguiram sair incólumes da primeira ronda do Lisboa Belém Open e apresentarem-se, na quinta-feira, na segunda fase do quadro final deste torneio, que decorre nos courts do Clube Internacional de Football (CIP), na zona de Belém, em Lisboa.

DR

DR

Nesta terça-feira, Pedro Sousa (111º ATP) – recém segundo classificado no ATP Challenger de Split (Croácia) – entrou com o “pé esquerdo” frente a Gastão Elias (432º), com o qual perdeu o primeiro jogo (6-7 (5), recuperando folgadamente nos dois encontros seguintes, vencendo por 6-1 e 6-3, respectivamente.

Amigo do amigo, mas negócios à parte. Jogo é jogo! E não se pode “combinar nada”!

Na segunda ronda vai enfrentar o francês Hugo Grenier (248.º), tenista que derrotou há duas semanas a caminho da final na Croácia.

Nuno Borges (544º), por seu lado, não poupou esforços para obter a melhor vitória na carreira nesta estreia no torneio lisboeta e venceu o bósnio Damir Dzumhur (113º) por 7-6 (8) e 6-1, colando a Sousa a caminho da fase seguinte.

Realizando apenas o quarto torneio Challenger da carreira, o jovem confirmou as expectativas criadas ao longo dos últimos meses, em que somou vitórias atrás de vitórias em Portugal (Campeonato Nacional Absoluto) como voltou a jogar duas finais em torneios ITF.

Na ronda seguinte, Nuno Borges vai defrontar o brasileiro Guilherme Clezar (270º), na quinta-feira.

Gonçalo Oliveira (281º) tinha vencido o esloveno Blaz Rola (jornada inaugural) por 6-1, 7-6 (2) e 7-5, como referimos ontem, defrontando na segunda fase Dmitry Popko.

O ATP Challenger Tour tem o apoio da Federação Portuguesa de Ténis, do CIF Câmara Municipal de Lisboa e da Junta de Freguesia de Belém.

© 2020 Central Noticias. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.