Terça-feira 27 de Outubro de 2020

Favorito Jaume Munar nos quartos-de-final do Lisboa Belém Open

Jaume Munar, que “aterrou” nos courts do CIF como o principal candidato à vitória no Lisboa Belém Open, tem justificado o estatuto, garantia que foi dada depois de derrotar o croata Borna Gojo.

Jaume Munar vai defrontar agora Alexandre Muller (233.º), com quem jogou pares no circuito júnior. O francês liderava confortavelmente por 6-1, 0-1 no primeiro encontro do dia quando beneficiou da desistência do adversário, o holandês Tallon Griekspoor,

DR

DR

É a primeira vez que Munar é para os quartos-de-final do Lisboa Belém Open, que integra o ATP Challenger Tour que é organizado pela Unisports, a MP Ténis e a Federação Portuguesa de Ténis, com os apoios da Câmara Municipal de Lisboa e da Junta de Freguesia de Belém. Quinta-feira será um dia importante para as aspirações portuguesas no torneio, com três representantes nacionais a entrarem em acção em singulares e cinco em pares.

O outro encontro dos quartos-de-final já definido vai opor Alessandro Giannessi  (164.º ATP) a Dimitar Kuzmanov (298.º). O italiano levou a melhor na batalha transalpina com o amigo e referência Paolo Lorenzi  (um dos maiores campeões da história do ATP Challenger Tour, com 21 títulos) em apenas duas partidas, parciais de 7-5 e 6-3, e no final não escondeu as dificuldades que sentiu na abordagem ao encontro.

A fechar o dia, duas vitórias portuguesas na variante de pares, com Nuno Borges e Francisco Cabral (que vêm do título no ITF de Setúbal e são os campeões nacionais da variante) a conquistarem o primeiro triunfo enquanto parceria no ATP Challenger Tour ao superarem Dmitry Popko e Tsung-Hua Yang com 6-2 e 6-1; depois, Tiago Cação e João Monteiro tinham a recuperação bem encaminhada (2-6, 6-4 e 4-2 no “match tie-break”) quando Damir Dzumhur/Pedja Krstin desistiram, devido a lesão do tenista bósnio.

Ambas as duplas selaram o apuramento para os quartos-de-final, ronda em que já estava Gonçalo Oliveira, apurado na jornada anterior ao lado do amigo Roberto Cid Subervi.

No que se refere à jornada desta quinta-feira, o grande destaque recai em três singulares, todos marcados para o Estádio CIF: a abrir o dia (11 horas), Gonçalo Oliveira mede forças com o cazaque Dmitry Popko (178.º); não antes das 13h30, Nuno Borges procura a primeira presença em quartos-de-final de singulares frente ao “qualifier” brasileiro Guilherme Clezar (270.º); e a fechar o dia Pedro Sousa  (segundo cabeça de série) enfrenta Hugo Grenier (248.º).

Os encontros de Borges e Sousa serão transmitidos em directo na Sport TV.

© 2020 Central Noticias. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.