Domingo 23 de Janeiro de 1605

Benfica e Braga “quase” na segunda fase da Liga Europa

Ao vencerem os jogos esta quinta-feira realizados, o Benfica e o Sporting de Braga quase garantiram o apuramento para a fase seguinte, conquanto ficaram apenas a uma vitória (ou mesmo empate) nos dois jogos que ainda faltam efectuar.

Na deslocação ao campo dos Rangers, o Benfica ainda teve tempo de conseguir reverter um 2-0 em 2-2, o que foi excelente, tendo valido uma segunda parte mais convincente do que a primeira, em que os encarnados não atinaram com os passes, abusaram do jogo individual (Grimaldo em especial) e pouca clarividência na zona da grande área, bem coberta por uma defesa coesa e a jogar em antecipação.

RUSSELL CHEYNE / UEFA

RUSSELL CHEYNE / UEFA

O primeiro golo dos escoceses (7’) deveu-se a uma série de “contratempos”, em que a defesa do Benfica contemporizou bastante, em especial, Jardel, que ficou a olhar para o lado em vez de sacudir a bola para longe, tendo Artfield ficado só e apenas fazendo o que devia: atirar para a baliza toda aberta, porquanto o o guardião benfiquista ficou-se pelo lance, muito bem, em que defendeu à queima-roupa, mas ficou “empandeirado” no grupo de jogadores que se formou na sua pequena área, não podendo fazer mais nada.

Este foi o modelo de jogo no primeiro tempo, com a vantagem escocesa a ser considerada normal, pelo esforço que a equipa fez.

No segundo tempo, a situação foi-se mantendo, ainda que o Benfica estivesse a tentar modificar a estratégia, para ver se conseguia dar a volta ao jogo.

Mas foi ainda o Rangers que aumentou a vantagem (69’) com um golo marcado por Roof, o que fez “tremer” os encarnados, já de si sem dar muita conta do jogo.

 

Mas a felicidade não deixou os encarnados e Tavernier (defesa do Rangers) deu uma ajuda ao desviar a bola para a sua própria baliza (78’), reduzindo a vantagem.

Alto “desnorteados”, os escoceses “afundaram-se” logo a seguir (81’), quando o Benfica chegou ao 2-2, com um golo obtido por Pizzi, tendo a equipa encarnada ganho nova energia e, com isso, chegar ao final com um excelente empate, que quase garante a passagem à fase seguinte, bastando não perder nenhum dos jogos ou, então, ganhar apenas um dos dois jogos que faltam para concluir esta fase de grupos.

A maior posse de bola foi do Benfica (62/38%), assim como os remates feitos (11-8), se bem que os escoceses dominaram nos remates para a baliza (6-2), não conseguindo concretizar tantos os possíveis para vencer, tendo acabado, ainda assim, por empatar.

No outro jogo do grupo, o Standard Liège derrotou (2-1) o Lech, mantendo-se as duas equipas no terceiro e quarto lugares, enquanto o Benfica e o Rangers mantêm a liderança, ambos com 8 pontos.

No dia 3 de Dezembro o Benfica recebe o Lech, enquanto o Rangers joga em casa frente ao Standard Liège.

MIGUEL RIOPA / UEFA

MIGUEL RIOPA / UEFA

No grupo G, o Sporting de Braga recebeu e empatou (3-3) com o Leicester City, numa partida em que esteve sempre na liderança dos golos, tendo chegado aos 1-0 com um golo de Elmusrati (4’) mas sofrendo o empate (9’) através de Barnes (9’). Ainda no primeiro tempo (24’) João Paulo fez o 2-1, resultado com que se chegou ao intervalo.

No segundo tempo, depois de um período de maior equilíbrio, com os bracarenses a tentar manter a vantagem, Thomas surgiu em boa posição e empatou (2-2) o jogo, ganhando o jogo maior “actividade” nos últimos minutos do tempo regulamentar e, depois, na compensação.

Em cima do minuto 90, Fransérgio fez o 3-2, mas não conseguiu evitar o empate (3-3) dos ingleses, através de Vardy (90+5’), resultado que também não deslustra e que deve servir também para o apuramento para a fase seguinte.

Nesta altura, o Leicester Ciry comanda (10 pontos), seguindo-se o Braga (7), enquanto AEK e Zorya estão nos últimos lugares, ambos com 3 pontos.

Tudo pode ficar decidido nos dois jogos que falta, com os bracarenses a deslocarem-se ao AEK (Atenas) no dia 3 de Dezembro e receber o Zorya no dia 10, para carimbar a passagem à fase seguinte.

 

© 1605 Central Noticias. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.