Quinta-feira 23 de Janeiro de 9834

Sporting continua a somar e a … sonhar!

Dois golos do “matador” do costume (Pedro Gonçalves), levaram o Sporting a somar a sétima vitória na Liga NOS e, com isso, manter a primeira posição na competição com um “ar” relativamente “leve”, porquanto quatro são os pontos de avanço sobre quem vem a seguir na classificação.

Pedro Zenkl

Pedro Zenkl

Ainda assim – e pese embora tenha dominado o jogo de ponta a ponta (68/32%), com 13-2 em remates, dos quais 5-0 para a baliza) – os leões foram surpreendidos bem cedo (3’), com um auto golo de Neto que, ao tentar cortar o caminho da bola para Wellington, na zona do segundo poste, esticou a perna endossou a bola para a sua própria baliza, para onde estava virado.

A perder tão cedo e de forma inesperada, a equipa leonina, com Nuno Santos uma vez mais a comandar a zona de assistência para golos, depressa comprovou porque é líder – com sete vitórias nas oito jornadas concluídas – chegando ao empate (8’) depois de cruzar para a baliza, com o guardião do Moreirense a não completar a defesa e com Pedro Gonçalves a surgir oportuno e marcar.

Mantendo a “pressão”, os leões tiveram ainda outras oportunidades, seguindo-se um novo cruzamento de Nuno Santos, desta vez para Sporar cabecear mas a trave.

Mais tarde (69’), Pedro Gonçalves tentou fazer o gosto ao pé, de fora da área, mas a bola bateu no poste e perdeu-se a oportunidade.

Poucos minutos depois (75’), o Sporting chegou ao 2-1 aproveitou a “falha” de Galelo, “sacou-lhe” a bola, embalou para a grande área e, antes de entrar nela, rematou forte para dar vantagem aos leões.

Dois minutos depois (77’), Porro criou perigo mas não conseguiu marcar.

Mais um triunfo e mais um passo em frente na liderança.

Em Ponta Delgada, o F. C. do Porto teve a felicidade de conseguir vencer (1-0), com um golo de Luis Diaz, no minuto de compensação do primeiro tempo.

Pedro Zenkl

Pedro Zenkl

isse “felicidade”, porquanto o Santa Clara foi mais “activo”, face a uma vantagem (7-4) nos remates, com um empate (2-2) nos que foram para a baliza, numa posse de bola de 53/47% para os portistas, o que dá para acertar num certo equilíbrio, em que o triunfo.

Mas valeu o remate, em voo e em rotação, de Luis Diaz, a fazer um espectacular golo para o triunfo portista, que valeu os três pontos, para não deixar de perder de vista o topo.

Esta oitava ronda prossegue este domingo, com os jogos Gil Vicente-Rio Ave e Portimonense-Nacional (15h), Boavista-Belenenses SAD e Sporting de Braga-Farense (20h), fechando na segunda-feira com o Marítimo-Benfica.

© 9834 Central Noticias. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.